sábado, 24 de fevereiro de 2018

Litecoin é um Complemento do Bitcoin como Moeda de Pagamento, Diz Fundador Charlie Lee – Portal do Bitcoin



Em uma conversa com a Business Insider, Charlie Lee, fundador do Litecoin, falou sobre a natureza especulativa do bitcoin e outras criptomoedas, dizendo que não é “ruim”, mas sim uma “progressão natural”, acrescentando que ele não vê nada de errado com isso, embora tenha dito que ele mesmo teve que lutar contra os rumores de manipular o preço do Litecoin.

Ele também apontou para golpes em que os participantes estão apenas para ganhar dinheiro rápido. Lee é citado dizendo:

“É bastante fácil para um fundador fazer um pump em uma moeda e fazer parecer que ela é mil maravilhas e que irá curar a fome no mundo, e o preço pode chegar a US$ 10 bilhões. E é bem fácil para quem fez isso conseguir sacar o dinheiro “.

Como resultado, as pessoas perderão dinheiro, advertiu Lee.
O fundador do Litecoin também apontou para a pressa dos ICOs, muitos dos quais estão prometendo o mundo e levantando centenas de milhões de dólares no processo. “Essas moedas provavelmente irão para zero”, disse ele.

Litecoin e Bitcoin

Enquanto isso, a fraude não era o único tópico de discussão destacado no artigo do Business Insider. Lee criou o Litecoin em 2011 com a intenção de melhorar o bitcoin, com foco em maior escalabilidade e velocidade.
“Então, minha visão para o litecoin sempre foi complementar o bitcoin – para ser uma moeda de pagamentos. Onde bitcoin seria ouro digital, litecoin seria de prata. É mais útil para pagamentos. E bitcoin seria melhor para reserva de valor”, disse ele.
Ele continua a salientar, no entanto, que o Litecoin é quatro vezes mais rápido que o bitcoin para transações.
Ele aponta para a Lightning Network como a tecnologia subjacente que irá avançar no setor de pagamentos, acrescentando que não é uma panaceia e não irá combater taxas elevadas ligadas ao bitcoin. “Então, o litecoin, acho que pode encontrar seu próprio nicho para ajudar ajustar as taxas de pagamento”, disse Lee.




Nenhum comentário:

Postar um comentário